quinta-feira, 20 de novembro de 2008

FUTURO: Anônimo Incógnito







Estive em Aracaju-SE recentemente pra apresentar comunicação no V congresso nacional de História da Educação.



Não foi fácil admito.



Na verdade foi bem mais estranho do que imaginava. Não foi tenso mas foi confirmador. Só eu sei das caraminholas da minha cabeça, mas confirmar de vez algumas convicções as vezes só pioram as coisas.
Saber que aquilo que era incerteza ou pouca clareza, agora ficou certo e bem mais nítido
do que gostaria não ajudou muito, pelo contrário, me fez voltar de lá mais angustiada.
Voltei com uma vontade imensa de pisar no acelerador e tocar sem voltas o que a tempos anda pouco assistido.
O futuro, eu sei, à Deus pertence, mas eu tenho que ajudar a construi-lo fazendo escolhas e tomando rumos.
Diante desse anônimo incógnito-o futuro- qual a decisão mais correta? Onde estarei daqui a 5 anos? O que farei agora definirá minha vida daqui pra lá? E o que deixarei de fazer
implicará no que serei? Como saber se usarei todo o investimento presente num futuro obscuro?
Como gostaria de ser criança outra vez, para ter apenas que ser feliz e nada mais...
eu era feliz, e nem sabia.

Mari

3 comentários:

Invade e Fim. disse...

E é justamente esse anonimato, essa icognita que a vida nos deixa, que nos dá a vontade de viver, por mais dificil que seja. E nós, que somos impulsionadas por energias não podemos desperdiçar esses mistérios, desgastantes, mas no fim, prazeroso.

amo vc

Rodrigo e Thaís disse...

Essas fotos estão engraçadas....
O bom que você saí bem natural..
É uma atriz mesmo.
Bjs!
Thaís Marques

marynara disse...

Eitaaa Tia Marii...abalouuu os corações em Aracaju-SE!