quinta-feira, 9 de abril de 2009

O mundo tá perdido ou a perdida sou eu?

Hoje eu vou tratar de um assunto que a muito vem me encontrando, me esbarrando,
me surpreendendo e me perseguindo:
a total inversão de valores
em que o mundo se encontra!
É como se ele pedisse "se liga aê, o mundo tá pirando,mas não entra nessa não!"
Calma, vou explicar melhor.
Vamos começar por exemplos bem rasteiros:
1) Já experimentou receber uma nota baixa e ficar triste, decepcionado na frente dos outros?
VOCÊ NÃO TEM MAIS O DIREITO
DE SE SENTIR ASSIM!
É... a onda agora é tirar nota baixa mesmo, é não estar nem aí. Se assim não o for, se prepare para ser o "nerd", o "cdf", o "pucha saco do professor".
2) Já experimentou ter como melhores amigos seus pais?
DEUS OS LIVRE!
É assim que a maioria das pessoas pensam hoje.
(Isso no íntimo, sem a hipocrisia da "família feliz e unida"que todo mundo mantêm)
As pessoas iludem os pais, mentem, desdizem e enganam, e ai de você se não entrar na onda...
"é a babaca", "a idiota", a "que não larga a barra da saia" e blá blá blá.
3) Já experientou se dedicar a grupos de sua igreja?
HIIIII LÁ VEM...
Não vai tardar a ouvir indiretas, deboches ou reclamações como:
"você vive na igreja", "você não sabe nada do mundo", "santinha essa menina..."
4) Já experimentou não beber ou não fumar?
É LIMITAÇÃO DEMAIS...
Com certeza quem não é adepto do consumo desses "artifícios" já deve ter ouvido muito
"ah, só um golinho vai...", " ah, deixa ela, sabe como é não bebe...",
"mamãe vai brigar é?", "tá perdendo a juventude essa ae..."
5) Já experimentou não sair "ficando"(para se bem simplista) com qualquer um ?
QUE ENCALHADA...
Nossa, essa situação é das mais condenadas!
"você vive em que século garota?", "não vai aproveitar a noite?",
"como se relacionar se não assim?", "como desencalhar?"
6) Já experimentou não gostar das mesmas músicas que todo mundo?
QUE ULTRAPASSADA
É meu amigo... se você não dá valor "dá tapinha na bundinha",
"chupa que é de uva" e " rala a ctheca no chão" você está encrencado viu?
E se curtir música clássica ou cantores internacionias de uma geração anterior que seja,
com certeza será também condenado.
7) Já experimentou assumir um compromisso e leva-lo a sério?
É IDIOTA MESMO
"Pocha, você existe? Caraca você é espécie rara, temos que empalhar!"
8) Já experimentou não ter mil cartões de crédito na bolsa e o nome no SPC?
FEZ VOTO DE POBREZA SÓ PODE!
Ave Maria, em pleno século XXI pagando tudo à vista, poupando pra não passar sufoco e não se lamentando da corda apertando no pescoço?
" é piada isso?", " não acredito que você achou o sapato o máximo e não vai levar agora!",
" de onde você tira tanto dinheiro?", " você vive como desse jeito?"
9) Já experimentou cursar o que você ama e não o que lhe convêm?
POBREZINHA...
Quer ver o que retaliação? Fácil, não seja aluno dos cursos da onda, aqueles que reproduzem com facilidade um monte de capitalistas sedentos por dinheiro e cheios de problemas cardíacos daqui a 10 anos!
10) Já experimentou não ligar para os padrões estéticos impostos sutilmente pela moda?
ESSA AÍ NÃO ENTRA NA VIBE MESMO...
Você tá lascado se assim o for viu? Porque do jeito que andam as coisas, em breve mandam a gente sair com a cueca e a calcinha na cabeça e ai de você se não sair...
" pense numa criatura pouco antenada", "essa roupa não é transada", " que look fraquinho...".
Enfim, das duas uma: ou o mundo não é mais o mesmo, ou eu que nasci na época errada!
Fato é que estou farta (principalmente depois de mais um - como o que aconteceu hoje que prefiro não comentar porque está implícito - dos incontáveis episódios que venho contabilizando) de me sentir um E.T. no meu próprio planeta!
Caramba! (isso para não manter certas pessoas à m*).
Sejam VOCÊS essa sociedade manipulável, essa juventude desviada, esse gentinha conveniente, essas criaturas sem valores, sem raízes, sem princípos e certezas e me deixem em paz.
Me deixem ser "santinha", "ultrapassada", "pudica", "carola" e tudo o mais que acham de mim, mas me deixem.
As palavras e as atitudes tem tanto poder sobre as outras pessoas, pena que nem todo mundo sabe disso. Aí vivem se magoando e se espizinhando.... tudo isso pra que?
Para ser o jovem "construído" pelo sistema que nos mantêm!
Para no fundo ser alguém sem personalidade, sem a abençoada presença da família na sua vida, com uma cabeça oca, mas tentada pela ambição de ser "o popular", "o que não será esquecido".
Sinto muito, mas prefiro ser uma "Mariana Ninguém" então,
me dê licença de ser o que escolhi pra mim.
Deixe de se comportar como o cão tentando o Senhor no deserto,
já disse, já demonstrei e reafirmo, estou segura dos minhas escolhas.
A questão minha gente, não é me colocar aqui como a mais certa ou a menos certa.
A dona da verdade ou não
(Apesar de ter minha posição sobre isso também) .
A questão é outra: é um pedido concreto de alguém que está de saco cheio!
"Se quer se afogar meu amigo, jogue-se sozinho! Não venha querer amarrar uma pedra no meu pé também! Eu sei o que tenho construído ao longo da minha vida e você certamente também sabe o que tem feito da sua, e é isso . Ponto final"
Estou cansada disso tudo, queria mesmo ir morar numa ilha isolada lá na Groelândia, quem sabe vivendo lá não me sentiria menos mal quista!
MARI
:(

5 comentários:

Kalinne Arcoverde disse...

Mariiii, posso te visitar na Groelândia?
Amo você amiga
Do jeitim que você é!!!
Divertida!
Beijos

marynara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
marynara disse...

Mariii, muito bem seja sempre assim do seu jeito, nunca se importando com o que os outros pensam ou vão dizer sobre vc, esse tipo de gente são os idiotas que tentam manipular os outros, e não conseguem ser eles mesmos, afinal vivem imitando os outros!

Elaine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elaine disse...

Oi sei q não nos conhecemos
eu amei seu desabafo
copiei tá? Vou levar para meus adolescentes da igreja lerem.