terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Salve a cultura popular NORDESTINA! (AMO)


Eu fui dançar um Coco - lá na PB!
Na casa de um caboco - lá na PB!
Saiu tanto do soco - lá na PB!
Olhe que o baile durou pouco - lá na PB!

Começou o baile com animação
o dono da casa gritou no salão
"eu peço pra moça que dançar direito,
com todo respeito, não toque ninguém
porque hoje aqui tem muita gente de fora
e eu quero que o baile não acabe agora!"

Antes da meia noite teve um zum zum zum
bateram em um que tomava "cação"
foi faca e facão, foi grito e gemido
mulher sem marido, homem sem mulher
se você tem pé, que cuide do samba
macaco me lamba se eu for a Sumé


"Toda minha visão é catingueira...
Minha sede? É de água de quartinha!
Sou Fantasma das casas de Farinha,
sou pedaço de fita em fim de feira,
as balas que tem mira certeira,
um cordel de palavras incandescentes,
sou a presa afiada da serpente
que cochila nos pés do cangaceiro.
Essa noite eu retalho o mundo inteiro
com a "pexera" amolada do repente!"
Esse post é pra mostar um tantin da riqueza cultural da Paraíba.
Somos tão ricos e muitas vezes nem percebemos,
eu amo a criatividade e o swing do povo nordestino.
MARI :D




2 comentários:

Nane =) disse...

e o povo naum dá valor neh?
eu tb amo a cultura popular nordestina.

Mari Marques disse...

naneeeeeeeeeeeee
um salve pra cultura nordestina e pro xuripita!
:D
rsrs